Variações/Variedades linguísticas

Assim como há várias línguas, há várias maneiras de usar a mesma língua. Todo idioma, incluindo especialmente o nosso (que nasce em um país tão diverso culturalmente) é maleável e o adaptamos de acordo com a situação, com a pessoa com quem falamos, com o assunto sobre o qual estamos discutindo e etc. Às várias maneiras de falar a mesma língua chamamos de VARIEDADES LINGUÍSTICAS.

 

Grosso modo, há pelo menos os seguintes processos que fazem surgir variedades de uma mesma língua:

 

VARIAÇÃO/VARIEDADE HISTÓRICA (processo que faz com que a língua varie no tempo/na história)

A língua varia no tempo, influenciada e influenciando pelos/os costumes, as relações sociais. Por exemplo, antigamente usava-se “Vossa Mercê”, depois esse pronome de tratamento foi reduzido a “Vosmicê” e atualmente usamos “Você”. Houve uma simplificação, já que a língua segue a regra da economia. Muitas outras palavras mudaram de grafia: pharmacia – farmácia. De tempos pra cá, muitos acentos caíram, letras dobradas desapareceram, o que mostra como ao decorrer do tempo a língua se transforma.

 

Pensando nas variedades que coexistem, quer dizer, que existem hoje conjuntamente, temos:

 

VARIAÇÃO/VARIEDADE GEOGRÁFICA (OU REGIONAL) (processo que faz com que a língua varie de acordo com o lugar/região/país)

São os modos de falar nas diversas regiões do país (variedades regionais da nossa língua). Por exemplo, aqui, no estado de São Paulo, região Sudeste, usamos a palavra “menino”. Para os gaúchos, “menino” é “guri”. No Paraná, é “piá”. Aqui falamos “mandioca”, no Nordeste é “macaxeira” e no Rio é “aipim”.

Às diferenças entre o português brasileiro e o português europeu também chamamos de “variedades geográficas”.

Alguns exemplos são: “bicha” = fila; “autocarro” = ônibus; “comboio” = trem.

Às variações de uma mesma língua em país diferentes ou dessa língua dentro do próprio país chamamos também de “dialeto”.

 

VARIAÇÃO/VARIEDADE SOCIAL (processo que faz com que a língua varie de acordo com quem fala/ classe social que o falante ocupa)

Dependendo da idade (criança, jovem, idoso), grupo social (rapper, punk, rockeiro), gênero (homem, mulher), escolaridade (não alfabetizados, acadêmicos), as pessoas se expressam de maneiras diversas, aproximando a sua fala à norma-padrão da língua ou distanciando-se desta, usando gírias, jargões (o jargão do advogado, do médico, por exemplo) e etc.

Esse é o campo de maior discussão e polêmicas, pois a NORMA-PADRÃO é a variedade criada e imposta pelos grupos de prestígios sociais e considerada “correta”. Ao passo que a variedade usada por grupos sem status social (analfabetos, rapper, funkeiros, favelados etc) é desconsiderada e vista como “incorreta”. As gramáticas normativas são os documentos que descrevem o modo de falar dos grupos privilegiados, as variedades de prestígio social, mais próximas da norma-padrão.

Felizmente, hoje já existem muitos estudos na área da Linguística, que esclarecem que não há “CORRETO” ou “INCORRETO” quando usamos a língua. Ou seja, os modos de falar dos mais variados grupos devem ser considerados e são perfeitamente “ADEQUADOS” em diversas situações, além de ser elemento essencial da identidade desses grupos. É claro que, socialmente, a NORMA-PADRÃO é a modalidade de prestígio e deve ser usada em situações que a exigem.

 

VARIAÇÃO/VARIEDADE SITUACIONAL (processo que faz com que o falante adapte a oralidade ou a escrita de acordo com a situação, aproximando-se ou distanciando-se da norma-padrão)

Outro fator que influencia no uso do idioma é a situação de comunicação com que nos deparamos. Ao falar ou escrever, devemos considerar o lugar de onde falamos, a pessoa (interlocutor) com quem falamos, o assunto sobre o qual discorremos. Por exemplo, ao conversar com um amigo (interlocutor) em um bar (lugar) sobre esporte (assunto), temos uma situação INFORMAL, cotidiana, que não exige o uso da NORMA-PADRÃO. Portanto, podemos nos comunicar, nesse caso, sem grandes preocupações com regras gramaticais.

A comunicação na internet, entre amigos, também é uma variedade situacional da língua, porque depende das circunstâncias, do meio (internet), do interlocutor (amigos ou outros), do assunto. Se a conversa se der em um bate-papo, em redes sociais, geralmente há o uso da variedade INFORMAL. Mas, atenção, nem sempre se usa o “internetês” na internet. As empresas usam muito o e-mail como forma de comunicação e se você tiver que escrever um e-mail para um cliente, preze pelo uso da norma-padrão.

Por outro lado, se a situação é uma conversa com o chefe (interlocutor) de uma empresa (lugar) sobre um emprego (assunto), temos uma situação FORMAL, que exige o emprego da norma-padrão da língua.

Professora Karina.

 

NOTA: Usei os termos “variedade” e “variações” como sinônimos, porém parece-me que o uso do termo “variação” dá mais a ideia de “processo”, “ação de variar”. Entretanto, desconheço algum autor que faça uma diferenciação e, pelo que tenho lido, os termos são usados como sinônimos. Seguindo as reflexões de Bagno (2003), não adoto o termo “norma culta”, já que este carrega uma conotação pejorativa, classificando como “culta” (que tem cultura) apenas o modo de falar dos grupos privilegiados. Vale lembrar que, ainda apoiando-me em Bagno (2003), a norma-padrão, na realidade, é apenas uma descrição ideal, feita pela gramáticas normativas, de uma língua que não tem existência concreta. Nas práticas reais, mesmo o falante das classes de prestígio social, na situação mais formal, não chega a usar a todo momento essa modalidade, visto que muitas recomendações feitas pelas normas gramaticais estão caindo em desuso (é o caso, por exemplo, de “assistir ao jogo” ao invés de “assistir o jogo”).

 

Dicas de leitura sobre o assunto:

BAGNO, M. A norma oculta: língua e poder na sociedade brasileira. São Paulo: Parábola Editorial, 2003. Disponível em: http://www.4shared.com/office/xSQrkMRW/A_norma_oculta_-_Marcos_Bagno.html

About these ads

75 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Luene Almeida
    fev 22, 2011 @ 17:38:36

    Ai professora mto interessante seu blog.. AMEIII obrigada por ter me ensinado mto aprendi mto com vc.. Tá Show o blog.. Saudaades VOLTAA.. Bjus

    Resposta

  2. Maria Heloísa
    fev 01, 2012 @ 15:18:30

    gostei mais ou menos…..

    Resposta

  3. Maiara
    mar 21, 2012 @ 15:35:39

    eu nao te conheço mas estava precisando fazer um trabalho e o seu texto me ajudou muito, vc é uma ótima prof de portugues igual a minha mae. bjs e continue escrevendo mais mesmo eu nao sabendo quem vc é

    Resposta

  4. Ester hadassa
    mar 28, 2012 @ 17:22:41

    hola vi que vc é prof minha mae é tb , de portugues e história eu moro em presidente prudente e vi o comentario de algumas pessoas e vi alguns textos tb , eu nao sei mas eu acho que conheço essa mayara mas eu nao vou falar com ela porque vai que ela nao é quem eu to pensando mas voltando o assunto eu vou entrar aqui toda vez que eu tiver duvidas, quando precisar fazer um trabalho, etc.
    Mas gostei no seu blog é legal, eu estudo no colegio criarte se quiser um dia pode trabalhar e talves vc possa ser minha pro ta bom, bjs

    Resposta

    • Professora Karina
      mar 28, 2012 @ 19:45:58

      Legal, Ester. Eu sou natural da região de Prudente, de Martinópolis, mas atualmente moro em Rio Claro-SP. Se estivesse na região certamente procuraria emprego aí na sua escola, para ter alunos legais e interessados como você. Entre sempre e divulgue para os colegas. Beijos.

      Resposta

  5. Chistian
    abr 09, 2012 @ 10:26:10

    poderia botar variadade da internet fessora =) mto bom esse blog me ajudou “mto”

    Resposta

    • Professora Karina
      abr 09, 2012 @ 10:57:49

      Que bom que ajudou, Christian.
      A variedade da internet é uma variedade informal da língua escrita e está dentro do tipo “variedade situacional”. Vou acrescentar. Obrigada por lembrar. Gostamos de falar, brincando, dizendo “internetês”, como se fosse um novo idioma, mas na verdade é o português em uma de suas variedades.
      “Abçs”

      Resposta

    • Professora Karina
      abr 09, 2012 @ 11:05:24

      Atualizei, Christian. Mas vale lembrar, como escrevi no post, que nem tudo o que é escrito na internet deve ser informal. As empresas usam muito o e-mail e se tivermos que escrever uma mensagem para um cliente, devemos usar a norma culta, formal, padrão, isto é, sem gírias, abreviações e etc.

      Resposta

  6. Karen
    abr 11, 2012 @ 17:59:08

    Boa tarde Professora Karina… Adorei seu site e o texto; estou estudando para uma prova relacionada a assuntos como esses. Muito interessante e legal seu site!

    Um grande abraço..

    Resposta

  7. pedro
    mai 14, 2012 @ 17:00:51

    professora sua profissao e muuito legal o queeu estava procurando achei no seu blog muito obrigado eu estou pensando de ser professor ok

    Resposta

    • Professora Karina
      mai 14, 2012 @ 21:03:43

      Pedro,
      Que bom que gostou e achou o que precisava. Fico muito feliz que esteja pensando em ser professor, uma profissão maravilhosa e muito gratificante! E que incrível que você é de um lugar tão longe de onde moro e podemos trocar informações! Fique à vontade sempre que precisar! Cada vez que alguém entra aqui eu me animo a publicar mais coisas.
      Grande beijo.
      Professora Karina.

      Resposta

  8. pedro
    mai 14, 2012 @ 17:03:44

    e me esqueci de dizer que eu sou indio na aldeia januaria no maranhao

    Resposta

  9. Stefany
    mai 14, 2012 @ 20:40:06

    Boa Noitee professora Karina…
    Quero te agradeçer por ter feitoo esse Blog…
    Muitoo Obrigada!
    Gosteii muitoo do seu site…
    beijosss,
    espero que no meu proximoo trabalhoo seja feitoo novamente no seu blog…
    xauuu!

    Resposta

    • Professora Karina
      mai 14, 2012 @ 21:06:36

      Stefany,
      Que bom que encontrou o que precisava.
      Se não tiver seu próximo trabalho no blog, peça que eu publico. Só espero que leia e compreenda as informações.
      Por acaso também não entenda pode pedir que explico novamente, se preciso.
      Beijos.
      Professora Karina.

      Resposta

  10. Lara Helen
    mai 17, 2012 @ 10:12:29

    Professora Karina. eu tô muitoo prescisando de exemplos de tirinhas., da pra voo’c pulblicar aii??

    Resposta

  11. Cecília
    mai 27, 2012 @ 21:16:45

    É um ótimo texto. Ajudou bastante em meu trabalho escolar. Gostaria de pedir que você publicasse um texto falando sobre Variações linguísticas: Variações regionais (Dialetos). Obigada pela atenção.

    Resposta

    • Cecília
      mai 27, 2012 @ 21:22:15

      Obrigada*

      Resposta

    • Professora Karina
      mai 28, 2012 @ 10:35:40

      Cecícila,

      Neste mesmo post falo de variações regionais ou geografias, a essas variações chamamos dialetos, ou variações dialetais, que na origem da palavra é o mesmo que variações regionais.

      Isso acontece num mesmo país e entre países da mesma língua.

      Português do Brasil, de Portugal e português africano são exemplos disso, pois os três são línguas, com características próprias, mas não se pode hierarquizá-la, ou seja, dizer que o “correto” é o de Portugal e o brasileiro e africano são “errados”. Quando se fala em variações linguísticas esses conceitos de certo e errado não existem.

      Fala-se também em dialeto nas variações dentro de um mesmo país, ex.: dialeto caipira falado em certas regiões do Brasil que é variação do Português Brasileiro. Dentro de Portugal deve acontecer a mesma coisa. Com outras línguas tbm, o francês falado nas periferias da França, onde habitam estrangeiros, sobretudo árabes, tbm é um dialeto da língua francesa.

      Abraços.

      Resposta

  12. victor
    jun 05, 2012 @ 21:47:53

    vlw professora alem de ser muito bom o ensino e vc é muito linda

    Resposta

  13. Helena
    jun 12, 2012 @ 09:36:19

    obrigada professora por me ensinar agora eu já sei direitinho beijos!”

    Resposta

  14. stfane
    jun 12, 2012 @ 11:52:57

    eu tambem adorei

    Resposta

  15. Ivan
    out 09, 2012 @ 15:52:25

    Adorei isso , poxa quem fez ta de parabéns. consegui fazer um trabalho todo só com isso…obrigado quem escreveu.

    Atenciosamente Ivan.

    Resposta

  16. giulia
    out 24, 2012 @ 16:27:07

    Gostei bastante, mas não há o local dos exemplos de variações !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Mas mesmo assim, parabéns !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Resposta

  17. carol
    nov 09, 2012 @ 20:30:02

    minha prof passo um trabalho para falar tudo sobre variedade geografica i esse site mi ajudo muinto , muinto obrigado prof Karina

    Resposta

  18. gleyce carolinne
    fev 01, 2013 @ 10:23:11

    Mi maestro tiene un trabajo para hablar sobre las variaciones lingüísticas y este sitio me ayudó mucho también, más de lo necesario

    Resposta

  19. Jady weslla
    fev 22, 2013 @ 22:21:40

    Adorei,consegui tirar minhas duvidas,obrigada !

    Resposta

  20. luiza!
    mar 04, 2013 @ 10:18:12

    ola,gostei mt do seu blog

    Resposta

  21. Thiago Henrique Miqueleto
    mar 14, 2013 @ 14:50:36

    obrigado!!!!!!!!!Eu precisava fazer muito um trabalho assim

    Resposta

  22. gi
    mar 19, 2013 @ 14:47:32

    faltou a variação cultural !!!
    agradeço se me responder .

    Resposta

  23. Professora Karina
    mar 24, 2013 @ 19:47:51

    Querido(a) Gi, creio que a variação cultural esteja contemplada no tópico variedade social. Mas prefiro o termo “social”, ou seja, o lugar que ocupam na sociedade (o que implica acesso a certos objetos culturais e a outros não) influencia no modo como a se expressa, seja mais formal ou mais informal. Quem tem mais escolaridade (mais cultura, no caso, erudita) usa uma linguagem que se aproxima mais da formal, a depender também da situação (Mesmo um professor universitário, por exemplo, quando está no bar com amigos, recorre a usos informais). Quem tem menos escolaridade e mais contato com a cultura popular ou cultura de massa, tende a um registro mais informal. É claro que toda a situação deve ser analisada, sempre e fica difícil generalizar. Porém você está certo(a), a “cultura” influencia sem dúvida no uso da língua, mas como o termo é muito amplo, melhor dizer variedade social, já que o acesso a objetos culturais também está relacionado a status social. Resumindo, variedade social = variedade cultural. Abraços.

    Resposta

  24. Katia Cilene Lima
    mar 28, 2013 @ 00:03:10

    Estou fazendo um trabalho sobre variações linguísticas e essa postagem me ajudou muito.obrigado!

    Resposta

  25. marcelly
    abr 02, 2013 @ 08:24:09

    eu adorei muuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiittooooooooooooo…………………..

    Resposta

  26. telma
    abr 02, 2013 @ 08:24:44

    e muito interesanti aprendi muita coisa

    Resposta

  27. jose carlos
    abr 02, 2013 @ 08:28:06

    oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    Resposta

  28. larissa cristine
    abr 04, 2013 @ 16:08:33

    Moro em guimarães maranhão e adorei o seu texto valeu mesmo me ajudou muitissimo

    Resposta

  29. ~Lucy-Chan~
    abr 04, 2013 @ 17:06:51

    Me ajudou muito no trabalho de português… agradeço pelo site Professora Karina… ;3 beijos

    Resposta

  30. Ádely
    abr 04, 2013 @ 20:11:59

    OI, EU PRECISAVA DE AJUDA PARA FAZER UM TRABALHO E VC ME AJUDOU MUITO, OBRIGADA DO FUNDO DO <3

    Resposta

  31. Nadj
    abr 05, 2013 @ 08:38:56

    Olá professora!

    Adorei seu blog, preciso mto de sua ajuda!!!!rs
    Preciso selecionar ao menos vinte palavras que possuem variação linguística
    Pode me ajudar?????
    Aguardo.

    Resposta

  32. Chris Millena
    abr 06, 2013 @ 15:22:25

    gostei!!!!!!!!!!
    Valew presisamos de blogs assim!!!!!!!!!!!!!

    Resposta

  33. Chris Millena
    abr 06, 2013 @ 15:24:39

    Minha professora de Portugues passou um trabalho de Variações Linguisticas,com o seu blog consegui fazer

    Resposta

  34. gabriela gasperi
    abr 08, 2013 @ 14:46:27

    oi sou eu gabiiiiii valeu

    Resposta

  35. Bel
    abr 08, 2013 @ 20:51:21

    amei seu ensino!
    precisamos de mais blogs assim!
    Grade Beijo

    Resposta

  36. Bel
    abr 08, 2013 @ 20:51:54

    Grande *

    Resposta

  37. Neliara Leal dos Santos Lobo
    abr 11, 2013 @ 14:22:18

    Amei o seu blog professora; os conteúdos irão me ajudar muito no trabalho de Português.
    Muito obrigada professora, muito obrigada mesmo!!!

    Resposta

  38. Lucas Artigas
    abr 14, 2013 @ 20:02:52

    psora coloca fotos como exemplos #fica#a#dica

    Resposta

  39. paula
    abr 23, 2013 @ 10:31:12

    muitto legal gradece aki donahhh

    Resposta

  40. helio junior
    abr 26, 2013 @ 17:53:52

    e variaçao estatistica

    Resposta

  41. Suzana Barbosa da Silva
    abr 27, 2013 @ 18:45:05

    Ola Professora, gostei demais desse tema que você postou…Uma luz para meu TCC…Gostaria que você postasse mais sobre Variação Linguística na internet e como o professor aceita/ lida com esse fenômeno…Obrigada !!! Suzana

    Resposta

    • Professora Karina
      mai 04, 2013 @ 00:48:16

      Estou meio sem tempo para as postagens, mas já que vai fazer um TCC, não pode faltar a referência aos textos de Marcos Bagno: O preconceito linguístico e A norma culta. Leia-os e te dará também mais uma luz.
      Abraços.
      Professora Karina.

      Resposta

  42. lorena
    abr 29, 2013 @ 16:34:16

    eu adorei muito legal.eu tava presisando tirar uma duvida,é claro eu tirei muito rapido so ler eu aprendi.e nao ligue quem fala mal deve ser uma menina desiteresada do estudo.beijos lo. 11 anos

    Resposta

  43. fabiana
    mai 13, 2013 @ 15:11:27

    amei! muito bom gostei sobre onde usar cada tipo de linguagem a cada tipo de situação.

    Resposta

  44. Alessandra Guimaraes
    mai 15, 2013 @ 10:31:06

    isso me ajudou muito pro meu trabalho de escola obrigada

    Resposta

  45. Alessandra Guimaraes
    mai 15, 2013 @ 10:31:33

    valeu

    Resposta

  46. aline carla
    jun 02, 2013 @ 19:36:49

    Adorei

    Resposta

  47. aline carla
    jun 02, 2013 @ 19:52:13

    Vc coloca tudo com clareza,adorei,amém o comentário

    Resposta

  48. lidiane
    jun 06, 2013 @ 09:42:48

    gostiiiiiiiiiii

    Resposta

  49. Nicolly Santos
    jun 11, 2013 @ 21:09:06

    Profª Só queria dizer que não conheço a senho ra mais respeito bem emtão eu achei Show seu blog só que eu queria exemplos em frases mais mesmo assim ajudou muito Valew!… beijos

    Resposta

  50. Luciane
    jul 21, 2013 @ 20:54:55

    Olá, professora Karina.Será que poderia compartilhar algumas bibliografias a respeito do assunto acima?Obrigada.

    Resposta

  51. isabela jesus da silva
    ago 21, 2013 @ 20:34:38

    isso me ajudou muito e tirei tambem minhas duvidas muito bom

    Resposta

  52. heberton
    set 04, 2013 @ 16:21:50

    muito bom,obrigado por mim ajuda.Professora Karina

    Resposta

  53. irlanda palmeira deoliveira
    set 16, 2013 @ 19:26:04

    Gostei me ajudou muito ! linguagem línguistica é um assunto simples e ao mesmo tempo complicado ! obrigado ,continue assim com essa dedicaçaõ ,seu blog é show!!bjs

    Resposta

  54. Rosinara Leonardo
    set 25, 2013 @ 08:06:08

    professora seu textos são muito uteis, eu estava de um trabalho que vale nota.Nos outros blogs eu não estava achando nada foi quando eu cliquei sem querer no seu e achei… eu já esava sem esperança e o seu blog foi a unica solução pela qual eu irei ganhar essa nota.
    parabens!!!!

    Resposta

  55. Thalia
    nov 22, 2013 @ 10:27:03

    professora achei tudo que estava precisando seu texto foi muito esclarecedor

    Resposta

  56. Joao pedro
    fev 25, 2014 @ 15:55:49

    MAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAASSAAAAAA VEEEEEEEEEEI !!!!!!!!!!!!!!!!!!TUDO VEERDADE ,CERTINHO???

    Resposta

  57. mateus costa
    mar 05, 2014 @ 14:08:11

    adorei professora liinda

    Resposta

  58. mariana paz
    mar 07, 2014 @ 11:05:42

    é muito aprender sobre a língua de nosso país ..

    Resposta

  59. mariana paz
    mar 07, 2014 @ 11:15:08

    oi professora me ajudou muito no trabalho eu cliquei sem querer e achei o que eu queria a senhora esta de parabéns!

    Resposta

  60. lucas123456
    mar 17, 2014 @ 14:00:00

    eu nao te conheso mas graças a vc vou ganhar 10 pontos continue assim

    Resposta

  61. Trackback: Variedades Linguísticas | Brisas Educativas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: